Assistidos pelo setor de Benefícios da CAASP podem fazer cursos da ESA gratuitamente

Advogados e advogadas assistidos pelo setor de Benefícios da CAASP agora podem fazer cursos da Escola Superior de Advocacia (ESA) gratuitamente. Parceria nesse sentido foi firmada no último dia 3 de maio entre as duas instituições. O novo benefício à parcela da advocacia carente assistida pela Caixa contempla cursos presenciais e à distância, gravados ou ao vivo. Não estão incluídos cursos de pós-graduação, mediação, conciliação e arbitragem e aqueles descritos como “Defensoria”.

Para se inscrever em algum dos cursos disponíveis, o advogado assistido ou a advogada assistida pela CAASP deve acessar o site da ESA (www.esaoabsp.edu.br), identificar o curso do seu interesse e solicitar autorização à Caixa de Assistência (setor de Benefícios), que encaminhará os dados à Coordenação Acadêmica ESA OAB SP, a qual, por sua vez, emitirá um voucher de utilização única vinculado ao curso escolhido e ao CPF do(a) beneficiário(a) autorizado(a).

Em caso de cursos com inscrições abertas, o advogado assistido ou a advogada assistida pela CAASP deve enviar e-mail para inscricoesbnf@caasp.org.br afirmando seu interesse e informando nome completo, idade, telefones fixo e celular, número de inscrição na OAB/SP e curso de interesse. Um funcionário do setor de Benefícios da CAASP entrará em contato. Informações detalhadas podem ser obtidas pelo telefone (11) 3292-4524, 3292-4521 e 3292-4522

“A advocacia precisa se atualizar e, muitas vezes, não tem recursos para tanto, principalmente neste momento tão difícil, em que todos sofremos com a pandemia. Esta parceria é uma conquista muito importante”, afirma a secretária-adjunta da CAASP, Paula Fernandes, responsável pelo setor de Benefícios da entidade. Pela ESA, a iniciativa foi conduzida pelo diretor da entidade, Jorge Cavalcanti Boucinhas Filho.

O processo para que advogados e advogadas sejam assistidos pelo setor de Benefícios da CAASP começa com a recepção das solicitações pela entidade. Em seguida, assistentes sociais fazem visitas aos solicitantes e, a partir de entrevistas e ajuntamento de documentos, emitem-se os respectivos laudos sociais. Esses laudos são analisados em processos pelas Câmaras de Benefícios Cada uma das Câmaras de Benefícios é presidida por um diretor da Caixa de Assistência. O foco principal dessa área da CAASP são profissionais do Direito impossibilitados de trabalhar e de manter o sustento da família devido a problemas de saúde

A condição mínima exigida para que o pedido seja deferido é que o solicitante seja inscrito há pelo menos um ano na Seção São Paulo da OAB e comprove exercício regular da advocacia.